Fraude no Imposto de Renda – Operação Hiena

Nesta semana, a Receita Federal do Brasil e a Polícia Federal realizaram uma operação denominada “Hiena”, com a intenção de desmontar uma quadrilha que vinha fraudando declarações do imposto de renda de pessoas físicas. Segundo os agentes, o bando trabalhava buscando auferir indevidamente restituições de determinados contribuintes.

De acordo com a assessoria de comunicação do site da Receita, a investigação conseguiu reunir provas suficientes de que foram praticados crimes de sonegação fiscal, falsidade ideológica, falsificação de documento público, formação de quadrilha e crimes contra a ordem tributária.

A quadrilha sacava valores restituídos de maneira ilícita, por meio de procurações forjadas, ou então usava dados cadastrais de “laranjas” para conseguir restituições falsas.

Ao todo, foram trinta e quatro mandados de busca e apreensão, além de cinco mandados de prisão no estado do Piauí.

Nem mesmo os contribuintes (pessoas físicas) supostamente beneficiados com a armação ficaram de fora da investigação. Essas pessoas, se condenadas, poderão pagar multa de até 225% sobre o valor efetivamente devido.

Por Alberto Vicente

Postar Comentário