IRPF – Mudanças para os próximos anos

Não adianta: por mais assustador que seja falar em imposto de renda, mesmo aqueles que normalmente não precisam declarar devem ficar atentos às mudanças. Este ano, a correção no imposto de renda Pessoa Física foi de 4,5%. O valor corresponde ao centro da meta de inflação definida pelo governo e isenta todos aqueles que receberam até R$ 1.637,11 por mês em 2011. Acima deste valor serão cobradas alíquotas de 7,5% até 27,5%.

Para o governo, de acordo com as informações divulgadas oficialmente, R$ 1,6 bilhão deixarão de ser arrecadados com a correção. Isto porque, com o reajuste da tabela, menos pessoas pagarão impostos e muitos pagarão menos.

Mesmo assim, o reajuste está abaixo das exigências dos sindicatos, que reivindicavam 6,46%, número correspondente à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) no ano passado.

Quem sente a inflação no bolso, seja em alimentos, vestuário, educação, entre outros, precisa fazer muitas contas e acompanhar a tabela para saber qual a melhor forma de declarar o Imposto de Renda. Se necessário, vale procurar um profissional para ajudar nesta tarefa.

De acordo com o governo, a tabela valerá para os anos 2012, 2013 e 2014, ou seja, até o fim mandato de Dilma Rousseff.

Por Géssica Valentini

3 respostas para "IRPF – Mudanças para os próximos anos"

  1. vanderlei ferreira da luz · Editar

    Gostaria de saber o seguinte: meu filho pratica natação por “sugestão médica”, posso abater o valor das aulas no IR pessoa física?

  2. Srs. Boa Noite,
    Gostaria de saber se o imposto de renda da pessoa Jurídica sofrerá mudanças no futuro proximo por conta do SPED, eu ouvi dizer que as empresas não precisarão fazer a DIRPJ… até onde isso é verdadeiro?

    Ficarei agraciado por essa informação.

    Att.
    Jocenildo Alves Maciel.

Postar Comentário