Consulta ao último lote do IR 2013 – Receita Federal

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas (5 votos, média: 6,00 de 10)

     





A Secretaria da Receita Federal liberou nesta úlitma segunda (9) as consultas ao sétimo e último lote do Imposto Pessoa Física de Renda 2013. A consulta pode ser feita através do site da Receita, neste link. A consulta também pode ser realizada pelo pelo telefone 146 (opção 3). Pelo calendário da Receita, as restituições irão ser pagas no dia 16 de dezembro.

Quem fez a declaração e não teve o nome constado nos lotes que já foram publicados e nem neste último lote pode ter caído na malha fina da Receita. 

O contribuinte que entra na malha fina tem sua contribuição retida para verificar se há pendências. A restituição para quem caiu na malha fina só será paga quando todas as pendências forem resolvidas. Essas restituições são chamadas de lotes residuais do IR.

No ano passado, 616 mil contribuintes caíram na malha e tiveram as declarações retidas para verificação e correção de erros. Neste ano, a Receita recebeu 26 milhões declarações do imposto de renda dentro do prazo regulamentar, que foi de março ao final de abril.

Para saber se há inconsistência em sua declaração, o contribuinte pode acessar o seu extrato da Declaração do imposto de renda Pessoa Física de 2013. Este extrato fica disponível no portal e-CAC da Receita Federal. Para saber mais informações de como acessar o seu extrato, veja aqui um passo a passo ebaborado pela Receita.

Com o acesso ao extrato, o contribuinte poderá conferir se as cotas do IRPF foram quitadas corretamente e poderá também solicitar, alterar ou cancelar o débito automático das cotas. Além desses serviços, o contribuinte tem a oportunidade de identificar e parcelar débitos que estão em atraso.

Para sair da malha fina, o contribuinte também poderá fazer uma declaração retificadora. Caso o contribuinte não tenha cometido nenhum erro, então não será preciso enviar uma declaração retificadora, bastando apenas marcar um atendimento para acertar alguma inconsistência que possa ter ocorrido por parte do Fisco.

Por Luciel Ribeiro


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Comentários

  1. Marcelo P. Bogossian escreveu:

    Como tem jornalista mal informado, sempre atenção em informação na internet!

  2. Otima esta materia assim ficamos bem informados sobre os ultimos assuntos do imposto de renda .

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)