Restituição do Imposto de Renda – Consulta ao 2º lote

Para quem paga o imposto de renda, a melhor hora que existe é a de receber a restituição do imposto, haja vista que essa restituição é um dinheiro pelo qual o contribuinte não pode e nunca deve fazer contas com ele, uma vez que este não sabe o momento ou o mês exato no qual ele virá.

Nessa perspectiva, o pagamento da restituição, pela Receita Federal é feito em sete lotes distintos. Nesse contexto, na terça-feira passada, dia 8 de julho de 2014, a Receita Federal disponibilizou aos contribuintes do imposto de renda a consulta a respeito de quais contribuintes irão receber a restituição neste mês de julho.

A consulta pode ser feita pelos contribuintes através do próprio site da Receita Federal que é www.receita.fazenda.gov.br ou, até mesmo, pelo telefone através do número da Receitafone que é 146. Vale salientar que em ambos os meios de consulta o contribuinte deverá mencionar o seu número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) para que seja efetuada a consulta.

A Receita Federal informou que no segundo lote da restituição do imposto de renda 2014 serão beneficiadas 1.060.473 pessoas, sendo que o valor total que o governo irá restituir aos contribuintes será de R$ 1,6 bilhão.

Também através desses meios de consulta é possível que os contribuintes façam a consulta de restituições anteriores que ficaram retidas na malha fina e que serão pagas também nesse lote, somando-se com o valor das restituições anteriores o esse lote da restituição chegará a R$ 1,8 bilhão e atenderá a 1.122.154 contribuintes. Esse segundo lote citado será creditado na conta a qual o contribuinte escolheu na confecção do imposto de renda no dia 15 de julho de 2014.

Para os contribuintes que escolheram contas bancárias inativas, que não têm o hábito de movimentá-las, a restituição fica disponível na conta durante o período máximo de um ano.

Assim, agora é só fazer a consulta e saber se você também foi contemplado nesse segundo lote da restituição do imposto de renda 2014, caso contrário os demais lotes serão pagos até o mês de dezembro de 2014 conforme o calendário disponibilizado também no site da Receita Federal.

Por Adriano Oliveira

Postar Comentário