Consulta ao 4º lote da restituição do IRPF foi liberada

A partir das 9h desta segunda-feira (8), contribuintes podem consultar o 4° lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). Esta mesma consulta também poderá ser feita para os lotes residuais de outros anos por quem caiu na malha fina.

Para realizar a consulta, o contribuinte deverá acessar o site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Quem tiver dificuldade com o acesso pela internet poderá recorrer ao telefone através do número 146 (opção 3). Há também aplicativos para dispositivos móveis que facilitam bastante o acesso.

De acordo com informações do fisco, o próximo lote a ser pago aos contribuintes (mais de 2 milhões), somam R$ 2,29 bilhões. Neste ano, a Receita Federal recebeu 26,8 milhões de declarações até 30 de abril – data limite.

Vale lembrar que, após o pagamento ao idoso e contribuintes com alguma deficiência física ou mental, ou moléstia grave, os pagamentos são realizados na ordem da entrega da declaração, ou seja, quanto mais cedo foi entregue, mas cedo o contribuinte receberá. Quem entregou nos últimos dias, é provável que receba nos últimos lotes. É importante ressalta ainda que esse pagamento ocorrerá apenas para as declarações enviadas sem erros ou omissões.

Para os contribuintes que caíram na malha fina (IR 2014, ano-base 2013), a Receita informa que é já possível fazer as devidas alterações nas pendências ou inconsistência na declaração.

O contribuinte que ainda não sabe sobre possíveis irregularidades em sua declaração, basta acessar a página da Receita Federal e buscar pelo e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Para ter acesso liberado ao sistema, o usuário vai precisar de um código que é liberado na própria página, ou um certificado digital com emissão feita pela autoridade habilitada.

Confira as datas para os próximos pagamentos do IR 2014:

  • 4° lote – 15 de setembro;
  • 5° lote – 15 de outubro;
  • 6° lote – 17 de novembro;
  • 7° lote – 15 de dezembro.

Por Tatiana Alves

2 respostas para "Consulta ao 4º lote da restituição do IRPF foi liberada"

Postar Comentário