Foram recebidas quase 9 milhões declarações do IR

Até quinta-feira, 9 de abril, foram recebidas 8.890.789 declarações de Imposto de Renda

Dados oficiais da Receita Federal informam que já foram recebidas nada menos 8.890.789 declarações de Imposto de Renda até às 17h de quinta-feira, 9 de abril. Vale ressaltar que a entrega das declarações do imposto de renda 2015 teve início ainda no mês de março e possui como prazo final de entrega o dia 30 de abril de 2015. A expectativa para 2015 é que 27,5 milhões de declarações sejam entregues.

Além disso, vale ressaltar que os contribuintes que entregarem suas declarações no início do prazo terão direito as restituições ainda mais cedo, caso as declarações enviadas não contenham erros, omissões ou inconsistências.

Caso ainda não saiba, estão obrigados a declarar o imposto de renda 2015 todo e qualquer cidadão que mora no Brasil e recebeu rendimentos tributáveis de mais de R$ 26.816,55 durante o ano de 2014. Além disso, também estarão aptos a efetuar o pagamento do imposto de renda em 2015 todo e qualquer cidadão que recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados da fonte, onde a soma tenha sido superior a R$ 40.000.

Outro detalhe muito importante é que também deverão fazer a declaração do imposto de renda aqueles que, em qualquer mês do ano passado, tenham obtido ganhos com vendas de bens ou direitos, ou até mesmo aqueles que realizaram operações em Bolsa de Valores e atividades similares.

Caso você se enquadre em um dos pré-requisitos aqui destacados para a declaração do imposto de renda 2015, saiba que é possível optar entre dois modelos para o envio da declaração: o modelo completo ou o simplificado. Através do modelo simplificado é aplicado um desconto padrão de 20%, que independe de gastos com saúde, educação e etc.

É importante que os contribuintes estejam atentos, pois inadimplência em relação ao IR pode trazer diversos tipos de problemas. Além disso, os contribuintes obrigados a efetuar a declaração do IR que enviaram a mesma após o prazo de entrega estarão sujeitos à multa de 1% ao mês ou fração de atraso que será calculado em relação ao total do imposto calculado.

Por Bruno Henrique

IR 2015

Postar Comentário