Receita Federal liberou novo lote de restituições do IRPF

O lote liberado no dia 15 de julho teve o valor total de R$ 2,5 bilhões em todo o país.

Quem declara sempre o Imposto de Renda está sempre ansioso para o anúncio das novas parcelas de restituição do imposto. A restituição é paga aos contribuintes que foram descontados a mais, ou que tenham abatimentos legais como despesas com saúde ou educação.

O último dia de declarações do IR 2015 foi o dia 30 de abril deste ano, e o contribuinte que declarou corretamente, já nos primeiros dias e não caiu na malha fina já pode contar com o primeiro lote de restituições do IR. A prioridade para esse primeiro lote, além dos contribuintes que enviaram sua declaração nos primeiros dias, incluía os idosos, que também receberam o imposto neste dia 15.

O lote liberado, no dia 15 de julho, teve o valor total de R$ 2,5 bilhões em todo o país. Na segunda região fiscal (que engloba os estados: AC, AM, PA. AP, RR e RO) o valor das restituições chega a mais de R$ 156 mil, com um total de mais de 86 mil contribuintes beneficiados. Só no estado de Rondônia o valor chega a quase R$ 19 mil, distribuídos para 12.772 contribuintes em todo o estado. Dos 1.522.666 contribuintes beneficiados em todo o país, 450.773 são idosos e 47.057 possuem alguma deficiência física, pois possuem preferência nos primeiros lotes de restituição segundo o Art. 69-A da lei n° 9.784/99.

Quem deseja saber se será contemplado no segundo lote de restituição do IR, deve acessar a página na internet da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) ou então entrar em contato por telefone, através do número 146, o Receitafone. Através do canal na internet o contribuinte pode ainda verificar se há pendências e proceder com a declaração de retificação, para não cair na malha fina. Há ainda um aplicativo para tablets e smartphones a fim de facilitar o acesso aos usuários.

Se a sua restituição não for creditada, mesmo depois de confirmada a ausência de irregularidades na declaração, o contribuinte deve entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil, ou ligar para a central de atendimento do mesmo  que atende nos seguintes telefones: 0800-729-0088 (canal exclusivo para deficientes de audição), 4004-0001 (capitais) ou 0800-729-0001 (demais localidades), ao ligar, o contribuinte deve agendar quando quer o crédito em sua conta corrente  ou conta poupança, informando corretamente seu nome e agência bancária, assim como  o número de sua conta.

O valor da restituição que não for creditado na conta do contribuinte ficará um ano disponível no Banco do Brasil. Após esse período o valor só poderá ser retirado através da internet, no site da Receita Federal, através do formulário de Pedido de Pagamento da Restituição.

Por Patrícia Generoso

Restituição IRPF

Postar Comentário