IRPF 2016 – Download do Programa é Liberado pela Receita Federal

Programa para declaração do imposto de renda 2016 é liberado pelo Fisco. Contribuintes deverão realizar a declaração entre 1º de março e 29 de abril.

Já foi liberado pela Receita Federal o programa para liberar e declarar o imposto de renda de 2016, tendo como base o ano de 2015. Há vários tipos de versões de acordo com o sistema operacional usado pelo usuário. Entretanto, os aplicativos para o celular ainda não foram disponibilizados pelo fisco.

O programa pode ser baixado por meio deste link: http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2016/download. Durante o acesso, a página pode ficar sobrecarregada pelo excesso de procura ou aparecer mensagem de erro. Neste caso, o usuário deve acessá-la novamente.

Mesmo com a liberação do programa pela Receita Federal, a declaração só poderá ser enviada a partir de 1º de março. Mas para adiantar, o usuário pode preencher a declaração, para ganhar tempo e agilidade. O prazo final para a entrega do documento do IR 2016 é até 29 de abril.

Que tal conhecer os principais erros ao preencher a declaração do Imposto de Renda?

Um dos erros mais comuns é a omissão de rendimento. Por exemplo, a pessoa pode não declarar um trabalho que tenha realizado de maneira autônoma, ou mesmo um emprego que tenha ficado por pouco tempo. Em uma situação desta, a empresa pode enviar informações para o fisco e o usuário omitir os dados.

O contribuinte pode declarar de forma errada os dependentes. Neste caso pode ser citado um filho que faz um estágio ou outro membro da família, que recebe aposentadoria. Desta forma, incluir dependentes fora da lista autorizada pelo fisco pode cair na malha fina.

Além disso, o usuário pode declarar despesas médicas que não têm comprovação. Os gastos com saúde podem ser deduzidos, mas o Fisco pode pedir comprovação de renda de todas as despesas que a pessoa declara. Por isso, é fundamental que o contribuinte tenha o hábito de guardar todos os comprovantes.

A aposentadoria é uma renda que deve ser declarada. O INSS, por exemplo, informa o pagamento à Receita e a omissão do rendimento pelo usuário pode prender a declaração e como consequência a pessoa acaba entrando na malha fina.

O contribuinte deve digitar os números com atenção e muita cautela. O próprio programa do Fisco informa que ele não considera como ponto o separador de centavos. Todo cuidado é pouco, para não entrar na malha fina.

Por Babi

5 respostas para "IRPF 2016 – Download do Programa é Liberado pela Receita Federal"

  1. Baixei e intalei o programa ontem, mas quando carrego os dados de 2015, ou crio uma nova declaração o mouse não funciona, instalei o Java de novo mas não funciona. Nem para fechar o programa ela funciona…
    Alguém pode me ajudar?

  2. Está dando vários problemas para quem baixou o programa logo que esteve disponível. Foi lançada uma nova versão que corrigiu esses erros. Baixe outra vez o programa. A versão corrigida é a de nome IRPF2016Win32v1.1

  3. Cara, estou com o mesmo problema. Conseguiu resolver como? Eu instalei a nova versao do programa (v1.1) e continua o mesmo problema. Assim que abro qualquer declaração não concsigo clicar em mais nada no programa.

  4. Cara, estou com o mesmo problema. Conseguiu resolver como? Eu instalei a nova versao do programa (v1.1) e continua o mesmo problema. Assim que abro qualquer declaração não concsigo clicar em mais nada no programa.

Postar Comentário