Despesas Médicas na Declaração do Imposto de Renda 2016 – Quais são Dedutíveis?

Confira aqui mais informações sobre a dedução de despesas médicas na declaração do Imposto de Renda.

Um dos principais impostos do Brasil é sem sombra de dúvidas o Imposto de Renda. Anualmente milhões de brasileiros efetuam o pagamento do IR. O que muitos não sabem é que podem ser feitas deduções na declaração do imposto de renda através das despesas médicas. Além disso, outro detalhe importante é que este tipo de gasto possibilita dedução de até 100%, ou seja, através de tais gastos você poderá ter uma boa redução de sua base de cálculo do IR.

Apesar de não haver limite para dedução no caso de despesas médicas, é importante destacar que não são todos os tipos de gastos com saúde que permitem a dedução no IR. Em relação às despesas médicas que fazem parte da categoria dedutível, saiba que o valor só poderá ser abatido caso o contribuinte comprove tal renda. Com isso, o contribuinte poderá até mesmo cair na malha fina.

Dessa forma, é extremamente importante que o contribuinte comprove cada despesa médica apontada na dedução de seu IR. O mesmo poderá efetuar a comprovação através de recibos, notas fiscais, cheque nominal e informes enviados pelo seu plano de saúde, desde que tais informes disponham de dados pessoais do contribuinte como, por exemplo, nome completo, CPF ou CNPJ, endereço, assinatura do prestador do serviço e o nome do beneficiário. O nome do beneficiário é requisitado caso o mesmo não seja o titular da declaração.

Além disso, nos casos em que as despesas são com aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias, o contribuinte poderá efetuar a comprovação através da receita médica que aponta a necessidade de tais itens. A nota fiscal de compra de tais aparelhos também deve ser apresentada.

Uma informação muito importante é que este tipo de dedução apenas é disponibilizada no modelo completo da declaração. Portanto, os contribuintes que desejam fazer sua declaração através do modelo simplificado não poderão abater os valores com despesas médicas. O motivo disto é o quanto do modelo simplificado oferecer um desconto de 20% em relação à base de cálculo do imposto, desconto esse que acaba substituindo todas as deduções.

O mais indicado a fazer é informar todos os gastos dedutíveis. Com isso, o programa da declaração irá apontar se é melhor fazer o abatimento de cada uma das despesas por meio do modelo completo, ou se o desconto será maior através do modelo simplificado.

Por Bruno Henrique

Postar Comentário